Sophia

Sophia

Sinopse

É a vingança sedenta de um funcionário que faz com que um crime seja cometido no interior da mansão da família de Sophia — uma adolescente, que de uma só vez perde a mãe e a avó, brutalmente assassinadas, depois de serem submetidas a verdadeiros atos de tortura. Esbulhada precocemente da presença diária das pessoas que mais amava, a vida de Sophia passa a ser um verdadeiro inferno, no literal sentido da palavra. Não obstante a frágil situação em que se encontra, o pai, que quase não pára em casa, decide contrair novo matrimónio, agudizando mais ainda o ambiente no interior da mansão, com a presença indesejada da madrasta, pessoa que desde o primeiro dia deixou claro como água cristalina a enorme antipatia pela enteada.Cansada da constante ausência do pai, do seu novo matrimónio, associado à difícil convivência com a madrasta, Sophia decide agir por sua conta e risco, no sentido de chamar a atenção para os problemas que a afligem. Objetivo alcançado, surpreende o pai e faz um pedido inusitado que é aceite, mesmo com reservas. A partir desse dia, Sophia volta a ser aquela adolescente de outros tempos, com mais vida e alegria. Mesmo com o aval do pai, algo impede a felicidade plena. Diante do obstáculo, em conluio com a empregada, ela arquiteta um plano, no sentido de afastar de casa e da família a madrasta.É durante a visita ao cemitério, onde a mãe está sepultada, quatro anos depois da sua morte, que os planos de Sophia esbarram, ao avistar o vulto da genitora que lhe surge numa visão clara, vestida de branco com a aparência de um ser angelical. A imagem da mãe causa grande impacto na menina, deixando-a confusa e impressionada, motivo pelo qual decide visitar mais vezes o túmulo. Sempre que o faz é surpreendida com a aparição da genitora que lhe dá a conhecer factos relativos à sua existência, assim como a gênese de tudo o que sucedeu e vai suceder, a ela e à família. Mesmo com tudo o que escuta, algo de inesperado sucede, mudando para sempre os planos e estrutura familiar da pequena Sophia.