Sinopse

Abolicionista, vereador, deputado geral, caluniado e difamado, insultado e acusado de dilapidar os bens públicos, da vida política retirou-se após trinta anos, sem que por um só dia houvesse por ela sido remunerado ou dela se aproveitado. Buscou a sociedade dos invisíveis. Membro titular da Academia Imperial de Medicina, consagrou-se no atendimento aos que não podiam ressarci-lo. Possuidor de fortuna adquirida por herança e muito trabalho, a política e a prática da caridade o empobreceram. Dos simples nada aceitava. Dos ricos recebia o que queriam dar-lhe. Morreu paupérrimo. Presidente da Federação Espírita Brasileira, reuniu adeptos dispersos em torno do lábaro do Espiritismo Cristão, em prol do Movimento Espírita Brasileiro. Desencarnado, segue em Espírito conduzindo-nos à paulatina unificação, à imediata união e ao trabalho incessante. Bezerra de Menezes, ontem e hoje! Nesta reedição comemorativa, recebe o médico dos pobres homenagem pelos 120 anos de sua desencarnação. Obra de valor biográfico, apresenta, na primeira parte, artigos de próprio punho publicados na revista Reformador. Na segunda, textos de jornais da época, em tributo à sua morte. A parte final reúne mensagens mediúnicas transmitidas aos espíritas do Brasil – herdeiros de Kardec, discípulos de Ismael, tutelados de Bezerra, obreiros do Senhor na última hora.